Brasil fecha 1,54 milhão de vagas de empregos, pior valor em 24 anos

Colunista-Douglas-Marcucci Por Douglas Marcucci.

“As demissões superaram as contratações em 1,54 milhão de vagas formais em todo ano passado, informou o Ministério do Trabalho nesta última quinta-feira (21) com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).O resultado de 2015 é o pior para um ano da série histórica do Ministério do Trabalho, que tem início em 2002, considerando ajustes. Na série sem ajustes, é o pior desempenho desde 1992, quando teve início a contabilização dos empregos formais pelo governo. Com isso, trata-se do pior resultado em 24 anos.

“2015 foi um ano difícil. Não é um resultado bom. Tivemos redução de empregos e da média de salários de admissão, mas as conquistas dos últimos anos estão preservadas pois o estoque de empregos continua alto. Queremos recuperar a geração de empregos”, declarou o ministro do Trabalho e da Previdência, Miguel Rossetto.

De acordo com os números do governo, quase todos os setores da economia demitiram no ano passado, com exceção da agricultura. A indústria de transformação foi o setor que mais demitiu trabalhadores com carteira assinada no ano passado, com 608 mil demissões, seguida pela construção civil (-416 mil vagas).

Em terceiro lugar, aparecem os Serviços, com 276 demissões em 2015, seguidos pelo comércio, com 218 mil vagas fechadas no período.

A indústria extrativa mineral registrou 14 mil demissões no ano passado, a administração pública demitiu 9,23 mil trabalhadores, ao mesmo tempo em que a agricultura contratou 9,8 mil pessoas.”

Na minha opinião,Infelizmente teremos que ficar ainda mais preocupados, pois informações dão conta que neste ano de 2016 será igual ou pior que 2015. Podemos citar por exemplo que a Rede de Supermercados Wall Mart vai fechar cerca de 60 lojas com média de 600 funcionários direto ou indiretamente cada uma. Isso é só um exemplo..

(Fonte: G1.com.br)

Ano XI – Edição nº 582
Araras, 24 de Janeiro de 2016

 

administrador

Um jornal parcial: sempre ao lado do povo! Vamos conversar olho no olho? Sem hipocrisia, nem histeria, fechou?

Deixe uma resposta