Ja Online

Rochas 1:2

O JacksCorvo deu…
…o ar da graça na abertura da sessão, tinha o direito de usar a palavra em primeiro lugar, mas abriu mão e… escafedeu-se!

Oba! Oba! Oba!
Já que o JacksCorvo abriu mão da Palavra Livre (ô título mais sem noção, gente!) aí quem, quem, quem assomou a palavra? Raimundo Nonato? Nããoão! Foi Ela!!!

Sim, Ela!
A ReginAmélia! Toda de verde-desmaiei (aquele que não é “cheguei” e nem é “ fui”). Um casaco todo verde sobre uma blusa verde-marrom-preta e… e… e… a máscara no mesmo tom! Aí eu vou pra galeeeraaaa!

Aliás, vereadora…
…se me permite invadir a sua privacidade (pelamordeDeus, gente, menos mente poluída, pô, deixa eu completar a frase…), pode me dizer: é verdade que o Bonezinho se desligou da IEQ?

Óia! Não seja…
…malcriada! Mandar que eu pergunte pra ele não é coisa que se faz com um perguntante educado, sô!

Jacoviétti…
…disse que “Muitas vezes para avançar é preciso recuar”. Isso é Bíblico. Está lá em Rochas 1:2 “Para pular uma barreira é preciso pegar impulso”

Baiano DusContrário…
…acaba de inventar o “Mais Grande”, substituto do “Maior”. Por exemplo, a Praça Barão é maior que Praça Martinico Prado? Não!!! Ela é MAIS GRANDE!

E por que…
…ela é “mais grande”? Ora, porque, segundo o BaianoDusContrário, a Martinico Prado é “MAIS MENOR”, oras!

Pois sim!
Assim que a ReginAmélia pediu aparte, o Baiano DusContrário mandou o seu “Pois sim” e o Jacoviétti mandou um “Pois não” e a vereadora teve o aparte. Vejam a quantas andamos…

Aí foi a vez…
…de a GigaDeise usar a Palavra. Veio sem esmalte (batom a gente não sabe), e o cabelo continuou sendo lambido pela vaca. Eita!

Mais, ainda: para…
…figurar nas redes sociais, sua assistente ficou a centímetros dela, contrariando a orientação pra que as pessoas fiquem a uma distância de um metro e meio umas das outras. Vejam o flagra…

Como porta-voz…
…não oficial do governo, a Giga disse que o Júnior comprou vinte mil kits para testar se as pessoas estão contaminadas pelo coronavírus.

Não sei…
…se entendemos errado ou se ela afirmou mesmo que a compra já se deu (o site da Prefeitura diz de uma licitação).

Aliás, ouvindo…
…o Dr. Itacil numa live da Prefeitura sobre o assunto, notei que o coronachina deve ter queimado uns neurônios dele. Observem essa fala: “Nós estamos num platô, mas num platô ascendente…”.

Ochi! Que raios…
…de platõ é esse? Um platô inclinado pra cima, parecido com pinto de noivo em noite de núpcias?

Não, não…
..platô é platão. Assim como não tem descida em aclive e nem subida em declive, não existe platô ascendente, uai!

Epa, deu ruim!
No afã de propagandear as coisas do governo, a Giga mandou um “E eu já sube”.

Então, se Vossa…
…Insolência “sube” de algo que eu não “trúci”, então a coisa de rúça.

Quando eu digo…
…que o Jacoviétti é um ditador, tem quem não acredita. Mas, vejam: ele instalou um dispositivo no sistema de controle de tempo que, dois minutos antes do término, apita.

Como os edis não…
…se deram conta da maracutaia, todos pedem: “Presidente, pode me dar mais um minuto?”. Com a bola quicando na linha do gol, Jacoviétti vem todo pimpolho e diz: “O senhor (ou senhora) tem mais dois minutos”.
Líndio, não?

Mala de Três…
…o líder do governo, reforçou a notícia de que o prefeito comprou 20 mil kits de testes rápidos, como se isso fosse lá uma grande coisa.

Não é!
…Não, não é uma grande coisa. Nós, a semana passada, mostramos que a testagem rápida só serve para enriquecer os fabricantes dos kits, mas…

Vejam…
…a testagem em massa só se presta para dar aos gestores uma ideia de como está a cidade em termos de contaminação, nada mais.

Para ter eficácia…
…pra valer, a testagem tem que ser geral, repetida a cada semana, associada a uma retaguarda muito bem aparelhada, com medicamentos de primeiro combate, área de confinamento (como sugerimos na semana passada “Abrigo de Campanha”) e isto, na verdade, custaria uma nota preta.

E o ódio…
…por Araras, continua. Sim, o Marcelo Mala segue com as três bandeiras sobre a mesa (Brasil, Estado de São Paulo e do seu Partido político), mas a bandeira de Araras, nem morta!

E o Jacoviétti…
…confirmou-se misógino. Aparte, quando da Palavra Livre, é de um minuto (está no RICMA). Porém, quando a ReginAmélia pediu o que lhe é de direito, o presidente MANDOU que ela fosse breve.

Mas não é…
…o fiofó da cobra com hemorroidas? Tendo sido concedido o aparte, a intervenção do presidente só pode se dar em um único caso, que não ocorreu na ocasião (aliás, impossível, naquele momento). E jamais para limitar o direito da colega.

Aliás…
…o Jacoviétti preside a Casa como se ali fosse uma “Zona de Baixo Meretrício”, pois o RICMA só é respeitado quando interessa. Não interessando, vira suruba, mas não do tipo foursome e sim daquelas do Mamonas Assassinas. Vige!!!

Só um…
…exemplo: o artigo 249, § 2º, do RICMA (se ainda em vigor, pois o exemplar do site está pior do que cortina de puteiro), diz: “Não serão permitidos apartes paralelos, sucessivos ou sem licença do orador”.

O que é…
…um aparte paralelo? É o Du, por exemplo, aparteando o Pedrão e o Marcelo apartear o Du. Difícil entender isso? Não, mas é o que mais acontece.

E o que é…
…aparte sucessivo? É ainda o Du (mesmo exemplo) terminar o seu aparte ao Pedrão e, logo que este retoma a fala, o Du o aparteia novamente. É bicho de sete cabeças entender isso? Também não, mas é o que sempre acontece.

Daí…
…se for pra presidir a Câmara para exercitar seus traumas ditatoriais, melhor mesmo é que o Jacoviétti antecipe a sua despedida da vida política (vez que já anunciou que deixará) e dê lugar para quem goste de respeitar as normas, regras e leis.

Mas registro, por devido, que…
…ele tem lampejos incríveis como, por exemplo, os das explicações antes das votações que exigem atenção dos seus pares.

Coloco um caso…
…para aclarar. O prefeito veta um projeto, que volta à Câmara para ser confirmado ou derrubado.

Então é posto…
…o seguinte: para derrubar o veto, vota-se “favorável”, significando estar de acordo com sua derrubada. Para manter o veto, vota-se “contra”, significando que não aceita sua derrubada, certo?

Pondo-se…
…como um velho e bondoso professor lidando com crianças peraltas e desatentas, ele explica, pacientemente: “Vota favorável quem está CONTRA o veto, enquanto quem vota contra, está a FAVOR do veto, tudo bem?”

Até mesmo o…
…uso desse “tudo bem” no final, é afetuoso, pois poderia dizer: “Entenderam, cambada dos inferno”, mas não diz.

Acuma?
“Diálago”, Pedrão? Seria um dia no Lago passeando de pedalinho?

Aleluia! Aleluia!
Pela primeira vez, nós, que fazemos parte da imprensa escrita, fomos cumprimentados por um edil. Muito obrigado, vereador Apolari.

E não é…
…que teremos que mudar o apelido do Auau? Estamos pensando em Au Pacino. Sim, entra sessão, sai sessão, e ele exibe um vídeo. Eita!

Sobre o pico…
…da pandemia, Auau, marque aí: em Araras a peste vai passar de agosto, chegará a setembro e, não duvide, vai mais longe ainda. Infelizmente.

E não é…
…que a Anete Coração Peludo veio vestida para matar? Blusa branca, com detalhes em preto, combinando com a máscara toda branca. Até vou presenteá-la amanhã. Me aguarde!

Longe, anos luz…
…longe de qualquer tipo de equiparação, mas é de se registrar que o Jacoviétti merece os meus puxões de orelha, pois sou xará do pai dele.

Ah, meu caro…
…Felipecado, dá licença! Dizer que o governo cobrar responsabilidade do povo é um erro, não passa de crítica pelo prazer de criticar. Nós, enquanto povo, somos totalmente indisciplinados. Só debaixo de vara é que cumprimos medidas que nos fazem bem.

Seus colegas…
…na mesma sessão disseram que tem festas e reuniões com aglomerações constantes na cidade. Diante desse quadro, o que senhor sugere?

Qual a solução…
…para colocar juízo em um bando de irresponsáveis, geralmente bêbados? Vossa Insolência tem coragem de, usando a sua autoridade, meter-se no meio de um pancadão, tomar o microfone da mão do MC Suicida e chacoalhar as mãos, como se estivesse na Mesa da Câmara, e dizer: “Meus amados e minhas amadas, não se aglomerem”?

JacksCorvo e o seu…
…português: “Vou falar na primeira pessoa, nós tínhamos…”. Fiquei pensando como é que seria ele falando na terceira pessoa. Tipo assim: “Eu e o presidente, fui lá e eu e ele voltou e chegou aqui”.

E o vício…
….do Corvo continua: “É quase certeza absoluta”. Orra, cara, ou é certeza ou não é. Não existe quase certeza, como não há certeza relativa. Ou é certo ou é errado, não tem o meio termo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *